A Singularidade das Lojas Mágicas



"Vamos fazer uma porta no seu coração

Se você abrir essa porta e entrar

Eu estarei lá, esperando por você

Tudo bem se você acreditar, isso vai te confortar, essa loja mágica"


É um daqueles dias. Você chega do trabalho ou da sua aula, de um dia de pagamento no centro ou da academia. Você pode sentir que a cada passo que deu, um pouco mais do mundo veio junto, e quando você finalmente fica sozinho, ele se derrama em um peso insustentável nos seus ombros.


Me pego pensando sobre Magic Shop em algum momento assim, quando insustentável é como classifico a implosão. Porque ninguém sabe, ou vê, dificilmente também consigo explicar o que acontece, só parece que não há nada encaixado e talvez nunca vá estar. Dias em que o insustentável cruza as linhas de tristeza ou lamentação; é um cansaço tão enraizado que te consome devagarzinho. E que tipo de Loja Mágica abre no peito de alguém que mal consegue chorar de cansaço?


Tenho pra mim que a singularidade das Lojas Mágicas que o BTS constrói é infindável. Projeções magníficas de paraísos com doces gigantes, cachoeiras de ouro e nuvens cor de rosa. Ou uma cama quentinha, chão de madeira e pés descalços. De repente, você se deita no chão, fecha os olhos por um momento e todo aquele peso se enxuga, retorce e se esvai em um abraço que cruza todo um oceano. Você pode sentir cafunés na cabeça, sorrisos sinceros e cochichos engraçados. Algum deles até te dá conselhos.


Se você ficar em silêncio, mesmo com o choro preso na garganta, tem baleias roxas dançando no seu quarto, pingentes dourados, um karaokê gritado com os sete muito animados.


Eles cantam pra você, músicas que você sabe de cor, mas que sempre significam algo novo. Um deles te conta uma história, o chá quente na verdade pode ser palavras fervendo de amor, um beijo na testa, promessas de que ei, amanhã você vai se sentir melhor.


A singularidade de cada Loja Mágica, que te faz caminhar em um gramado verde, ou colher morangos, ou cozinhar legumes com um deles. A Via Láctea com tantos formatos, estrelando os melhores momentos que você teve com eles, os melhores dias da sua vida e até aqueles detalhes que você deixou passar, mas que fizeram você resistir mais um dia, escondido na sua Loja Mágica, com eles.


É um daqueles dias em que você se mantém quieto lá, porque o BTS faz um infinito de lojas e magia e aquelas incertezas, incômodos e insustentáveis dias, se tornam mais leves e mais suportáveis. Ouso dizer, que até, sustentável.


Num momento, quando você se sente pronto e precisa sair de lá, o mundo real não é receptivo. Talvez ele te negue as verdades que os sete te juraram, talvez transforme o chá em água amarga, apague a Via Láctea e te diga que você não pode dar o seu melhor pra si mesmo. Mas espero que você, ARMY, não acredite nele. Você deu ao BTS, o melhor deles. E dará a você o seu melhor. O seu melhor pode ser pequeno às vezes, do tamanho da porta no seu coração que leva a Loja Mágica, mas singular e extenso. Capaz de construir mundos, erguer galáxias e sustentar seus piores dias.


Então, me mostre. Você consegue.



Escrito por Carrie.

Revisado por Polyana.

136 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

We fight

a bts fanbase

Carolina

Maria

Maria Eduarda

Maria Eduarda A.

Lorrane

Lara

Nilo

Isabelly

 Nathália

Isabella

Danielle

Rafaela

Dinny

Andressa

Thais

Beatriz 

 Camille

Ingrid

Laura

Marina

Marina R.

Polyana
 

  • Twitter - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • Facebook - Círculo Branco
  • Spotify - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco
  • TikTok